quarta-feira, 4 de janeiro de 2017



Apenas duas semanas para minhas várias despedidas:
 *despedida da big barriga;
*despedida de ser mãe de uma só;
* despedida de ser mãe só de menina;
*despedida da minha vida corrida com uma filha única...
Agora é minha vida ultra-corrida com meus três filhos!
Conforme toda essa mudança se aproxima, vai me dando um gelinho na barriga. Um gelinho bom, mas lógico...com um pouco de "Meu Deus, tá vindo com tudo".
Deve ser muito diferente passar de um para três de repente. Se passar de um, pra dois já muda tudo...imagine TRÊS!!! 
Logo irei poder relatar isso na pele, aqui nas minhas memórias!

Mas têm sido dias muito intensos aqui em casa.
Tenho curtido minha Liz ao máximo do máximo. E ela a mim. 
Hoje foi um super dia de filha única!
Ficamos em casa brincando, assistindo filmes, fizemos cupcakes, tomamos banho de uma hora e no fim do dia, ela foi jantar fora só com o papai!
Ela está vivendo com toda sua força, seus últimos dias de ser só ela.
Como vai dar saudade dessa fase.
A que está por vir vai transbordar os nossos corações de alegria!
Mas é claro, que o primogênito, que viveu anos sendo sozinho, deixa marcas profundas de saudade no papai e na mamãe de quando era só ele! =)
Principalmente para nós - eu e o Luiz- que vamos ter três crianças, é sempre mais difícil ficarmos só com um. Quando se tem dois, essa é uma possibilidade recorrente. Um vai com o pai, outro com a mãe e vice versa, pois esses momentos a sós também precisam acontecer, depois que vêm os irmãos. Cada um precisa da sua individualidade enquanto filho.
Mães de gêmeos e os próprios gêmeos (eu) sabem bem disso. Costumam nos tratar como um só (nós gêmeos) e não somos assim.
Do mesmo jeito, funciona com irmãos de diferentes idades.
Cada um, de vez em quando, precisa de um momento sozinho. E sabemos que com mais de dois filhos, será sempre mais difícil conciliar desse jeito. Dois sempre estarão juntos, para que o outro fique um pouquinho de filho único.
 Então eu aproveito muito, muito, muuuuuito minha Liz nesses dias finais de filha única!

Nenhum comentário: