segunda-feira, 17 de outubro de 2016

23 semanas!



Barriga de 30 semanas!
Calor absurdo.
Azia.
8 kg a mais.  (menos do que o esperado para gêmeos)
Luca e Maitê mexendo muito, sem parar, interagindo um com o outro...
Ficam super agitados quando escutam a voz da Liz! =)
Já se contorcem inteiros e mudam o formato da minha barriga.
Já lutam, cada um na sua placenta, por espaço dentro de mim. Estão apertados!
Já temos contrações de treinamento.
Já visito o banheiro a cada vinte minutos...
Estou mais pesada, mais cansada, exaurida como em fim de gravidez.
Também estou  mais completa e mais feliz, dia após dia!!!

*
(Já tentando planejar uma rotina para gêmeos e mais uma!
Só as grávidas de gêmeos entendem essa pressa do planejamento antecipado, rs...
Não que vá acontecer e/ ou funcionar, mas nos ajuda a nos preparar para a pesada rotina que nos aguarda. São as dicas preciosas do pediatra )
O tempo está passando muito rápido!


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Minha Liz! Melhor amiga!




Fazendo umas pesquisas de compra na internet hoje, caí num artigo que coincidentemente falava de algo que eu havia feito  horas antes, com a Liz.
Era uma matéria sobre frases que fortaleciam o relacionamento de pais para filhos.
E uma das frases era " Você é meu companheiro(a) da vida inteira".
Eu SEMPRE digo isso a Liz e que ela é a melhor amiga que eu tenho.
Hoje, assim que chegamos da escola, eu estava super incomodada e ansiosa para tirar as meias de compressão que tenho usado na gestação dos gêmeos.
Mas para retirá-las, é preciso estar com as pernas descansadas e alguém precisa fazer a tarefa de "arrancá-las" para você.
Expliquei isso pra Liz e depois de dez minutos de pernas ao alto, ela, com muito esforço, foi tirando as meias de mim. Elas ficam super justas e é bem difícil de sair. Porém minha Liz, meu amor, conseguiu e ainda massageou minhas pernas!
Eu olhei pra ela, pedi que viesse deitar do meu lado e olhando naqueles olhos mais azuis do mundo, eu disse :" Como você pode ser tanto a minha melhor amiga do mundo inteiro? Como posso te amar tanto, como nunca amarei ninguém..." 
E  ela me respondeu que eu também era sua melhor amiga e o seu maior amor.

Te amo infinito, minha amiga número um!