sexta-feira, 24 de abril de 2015




"When you love someone
Your heartbeat beats so loud
When you love someone
Your feet can’t feel the ground
Shining stars all seem
To congregate around your face
When you love someone
It comes back to you..."


quinta-feira, 23 de abril de 2015


2 anos e 3 meses!

- Que isso?
- O que foi, mamãe?
- Por que?
- Quem é, mamãe?( quando estou no telefone)
- Como chama?( quando nunca viu algo antes)
- Somos amigax!( morro quando ela fala isso!)
- Te amo maix (a gente brinca de quem ama mais)
- Mamãe, é a menina (ela brinca de falar ao telefone, faz falas e gestos idênticos aos meus e sempre diz que falou com uma meninA. Não pode ser meninO)

- Pufavô!
- Bigada
- Dinada.
-Di movo.
- Que vamox fazer agola? ( geralmente essa pergunta é quando acaba uma brincadeira ou  quando acorda, hahahaha)
- Onde vamox?( quando entramos no carro)

- Filme dos binquedox, mamãe ( ela pede todos os dias pra assistir um pouquinho de Toy Story). Liz e suas fases de filme. Desde bebê, ela tem paixonites que duram meses por certos filmes.

- Binquedo de montá. (quebra- cabeça)
- Petit não é cachorro.É bebê.
- Cachorrino. Ursino. Tio Fabino (nh não sai! Morro de amor!)

Essas são algumas das perolazinhas rosas que minha princesa fala setecentas vezes ao dia!!!
Como estou amando essa fase!! Ela é uma verdadeira mocinha,com quem já bato longos papos. Já é super feminina, tem seus gostos, escolhe que roupa quer usar, qual sapato combina, já está na fase de só gostar de coisa de meninA, já brinca de bater papo no telefone, falando coisas do tipo: Quer meu batom? Você tem um nenê? Sua bolsa é rosa?
A Liz é uma verdadeira menina falante, curiosa, delicada e criativa!!
Definitivamente não tenho palavras para descrever essa fase tão incrível da casinha dos dois anos!!!
=)))



No viver das relações cotidianas, como não buscar se aquecer em abraços sinceros? Em sorrisos espontâneos, em encontros onde se dividam segredos, em momentos onde as pessoas queiram estar juntas para rir, descontrair, fugir da dureza da vida?
Nessa noite quente, desse outono torto, hoje estou pensativa quanto ao calor humano!!

sábado, 4 de abril de 2015


Registros de um diazinho inesquecível!










"...se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar, que tudo era pra sempre, sem saber que o pra sempre NUNCA acaba"...

Pra nós, "pra sempre" é uma ideia que não permite finais.
Tenho certeza que estaremos sempre juntos, nós cinco (daqui uns anos nós seis, se Deus quiser),sempre buscando dias assim. Buscando viver o clima de dias assim!
Nesse dia,que foi quinta-feira pascal, fomos ao Haras e depois passamos quase que uma tarde em Brodoski. Foi delicioso e lá mesmo nós pensamos na lembrança eterna que esse dia seria!!

Coelhos fofos, bodes bravos, cantina fechada, fome, comida caseira, forno à lenha, sorvete, pracinha, casinha amarela de Portinari, "não pode tocar", mas tocamos, "tem câmera", colo para três, mãozinhas dadas, Pedro , o príncipe das princesas, "vocês são irmãs;", "eles se parecem", crianças dormindo, caça ao Dukitos de bacon, parada no posto, tomando coca-cola como nunca antes!
Risos loucos e conversas longaaasss!!!

Um dia que não podia deixar de estar aqui!!!