terça-feira, 8 de abril de 2014



Quando olho pra mim e vou ter uma conversa comigo, não me acredito hoje em dia!
Fico não só feliz, como comovida com a vida que levo! É exatamente tudo o que eu queria pra mim!!
Dou conta de tanta coisa que um dia imaginei que seria difícil, mas nunca NÃO me vi sendo tudo que preciso e amo ser hoje.
Conversando com uma amiga que tem uma filha de um ano também (apenas três meses mais nova que a Liz), estávamos analisando isso.
A gente cozinha todos os dias o almoço de nossa família com uma criança na fase mais difícil do mundo (fase de correr atrás)! Todas as manhãs, é um tal de tirar as mãozinhas do fogão,  correr lá no quarto pra ver o que o silêncio da criança quer dizer, dar almoço pra ela , mexer as panelas, lavar a louça, arrumar mochila, lancheira, uniforme, preparar o banho...Isso quando ficamos em casa! A maioria dos dias pede passeio, parque, supermercado, varejão, compras diversas de roupas e outras coisas, lavanderia, pet shop, coisinhas pra resolver...
E tudo tem que estar pronto e redondinho até 12h50. A partir das 13 horas, tenho vinte crianças por sala pra ensinar, coordenar, tentar manter uma certa ordem. No fim do dia, eu corro mais que posso ( e sempre dando meu melhor) pra liberar meus alunos no mesmo horário de pegar a Liz no berçário. 17:35 a Liz  e toda a escola sai!! Faço de tudo pra chegar pelo menos até 17h45 e é sempre assim mesmo que eu chego. Nosso reencontro é sempre o melhor momento do dia!! Anos e anos irão passar e nós duas vamos nos emocionar de nos ver na escola onde trabalho e ela estuda! Somos infinitamente conectadas, choramos quando nos revemos. É felicidade pura!!!
À noite recomeça a rotina de banho, janta, passeio e eu fazendo tudo dentro de casa com a Lili sempre andando pra lá e pra cá e eu indo atrás evitar acidentes. 
Hoje por exemplo, minha filha de quatro patas resolveu pintar as tais de terra. Enquanto lavava a criaturinha, minha filha de duas pernocas fortes e gostosas aprontava lá no quintal, a panela do jantar pedia arrego e as gavetas pediam ordem, já que veio um marceneiro aqui. Imaginem só a bagunça!!
Sei que tive (tenho) forças que não sei de onde vêm, mas acredito piamente que existe um santo ou uma santa voltado especialmente para as mães, que nos capacita de fazer tudo ao mesmo tempo e brilhantemente bem!! Hahahahaha...
Estou aqui, com a casa em ordem, a criança linda sonhando com os anjinhos, a Petit limpa, a jantinha pronta e as gavetas organizadas!!
É uma alegria viver tudo isso!
Tanto é que eu escolhi viver assim! Eu escolhi ter a Ana (minha funcionária) apenas três vezes na semana e não todos os dias, eu escolhi ser mãe e trabalhar fora, eu escolhi cozinhar na minha casa, pro tempero ser de MÃE na vida da Liz, eu escolhi meiar meu dia entre maternar e trabalhar na escola, eu escolhi viver na correria e só descansar depois que a Lili dormir , eu escolhi tudo isso e quero mais!! Rs...

Amo a minha vida de mãe!! 
;)

Um comentário:

Bi disse...

Você é maravilhosa em tudo! Tudo o que tem uma "pitada" de Renata é mais gostoso hehe! Ela se joga em tudo, em todas as relações, e é prazeroso ser prima, parceira, amiga... Amo amo amo

Sista Bi!!!!