quinta-feira, 24 de abril de 2014

Como podemos amar tanto sem caber no peito? Sem entender e mensurar o tanto de tanto que é tanto. Um amor que chega a latejar o coração!! O amor mais avassalador do mundo, esse que uma mãe sente por seu filho!!!
Todos os meus dias são muito mais felizes e completos depois que a Liz chegou na minha vida. Não há tempo nem espaço pra tristeza!!! Esse é o poder do amor de mãe!! Transformações eternas!!!

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Enfim meu blog no meu celular!! Affff, passando da hora!!! Agora conseguirei vir mais vezes aqui. Obaaaa!!!! Morro de saudades de postar!!
Vida corrida!!

terça-feira, 15 de abril de 2014



Agora você chega do nada, como quem não quer nada com nada e me enche de beijos, (sem pausas) até eu não me aguentar e te apertar todinha!!
Filha, é incrível te ver crescendo tão depressa. Você está ficando muito menininha!!
Meiga, maravilhosa e a minha melhor amiga!!
Simplesmente a MELHOR!!!
=)






Amei essa foto porque traduzi assim: alguém vestida de flores para demonstrar a todos seu estado de espírito. Ela está leve, solta e feliz!! E acima de tudo, está bem humorada!! Daria flores para todos que encontrasse no caminho!! Me vi demais nessa imagem!!
Acho que nada na vida justifica mau humor. Nada pode ser capaz de tirar o sorriso do rosto de alguém pra outro alguém, o semblante de paz que pode ser passado para outra pessoa que cruza nossa vida.
Cansaço não justifica cara feia. Preguiça, fome, problemas, saudade, solidão, tensões...nada disso é razão para um ser humano não sorrir pra outro ou no mínimo não dar bom dia, não perguntar "como vai?", não estender a mão...
Infelizmente esse é um jeito muito "meu" de ver a vida. É terrível dizer isso, mas a maioria discorda de mim. E não é porque me dizem. Mau humor não permite nem que o outro fale, que abra a boca. Basta um olhar e logo entendo que um serzinho aqui e outro ali pensam diferente. Acreditam que a cara feia vai resolver um problema ou pelo menos colocá-lo de lado.
Acho incrível como às vezes alguém do meu trabalho, que me vê todos os dias, que está sempre por ali, respirando o mesmo ar que eu e ouvindo as mesmas risadinhas de criança que eu ouço, não dirige uma palavra de cumprimento ou sequer direciona um olhar que expresse alegria em viver e de estar ali!!
No trabalho, entre amigos, em todo ludar sempre haverá uma carinha amarga como quem chupa um tamarindo imaturo! Hahahahahaha...
Fico boba com reações assim!!
A vida é tão bem desenhada por Deus, tão bem arquitetada. Tanta coisa pra se viver, realizar e tanta gente inerte, com as expressões faciais estáticas e feiosas, indiferentes às outras...
Como assim?
Será que essas pessoas não percebem que ficarão enrugadas, adoecidas, sozinhas e carentes se esse mau humor persistir? Sim, porque esses são os sintomas de cara feia. E infelizmente não passam com nenhum tipo de remédio.
A única cura do mau humor é o sorriso!!
E é tão lindo quando alguém sorri!!
=)

terça-feira, 8 de abril de 2014



Quando olho pra mim e vou ter uma conversa comigo, não me acredito hoje em dia!
Fico não só feliz, como comovida com a vida que levo! É exatamente tudo o que eu queria pra mim!!
Dou conta de tanta coisa que um dia imaginei que seria difícil, mas nunca NÃO me vi sendo tudo que preciso e amo ser hoje.
Conversando com uma amiga que tem uma filha de um ano também (apenas três meses mais nova que a Liz), estávamos analisando isso.
A gente cozinha todos os dias o almoço de nossa família com uma criança na fase mais difícil do mundo (fase de correr atrás)! Todas as manhãs, é um tal de tirar as mãozinhas do fogão,  correr lá no quarto pra ver o que o silêncio da criança quer dizer, dar almoço pra ela , mexer as panelas, lavar a louça, arrumar mochila, lancheira, uniforme, preparar o banho...Isso quando ficamos em casa! A maioria dos dias pede passeio, parque, supermercado, varejão, compras diversas de roupas e outras coisas, lavanderia, pet shop, coisinhas pra resolver...
E tudo tem que estar pronto e redondinho até 12h50. A partir das 13 horas, tenho vinte crianças por sala pra ensinar, coordenar, tentar manter uma certa ordem. No fim do dia, eu corro mais que posso ( e sempre dando meu melhor) pra liberar meus alunos no mesmo horário de pegar a Liz no berçário. 17:35 a Liz  e toda a escola sai!! Faço de tudo pra chegar pelo menos até 17h45 e é sempre assim mesmo que eu chego. Nosso reencontro é sempre o melhor momento do dia!! Anos e anos irão passar e nós duas vamos nos emocionar de nos ver na escola onde trabalho e ela estuda! Somos infinitamente conectadas, choramos quando nos revemos. É felicidade pura!!!
À noite recomeça a rotina de banho, janta, passeio e eu fazendo tudo dentro de casa com a Lili sempre andando pra lá e pra cá e eu indo atrás evitar acidentes. 
Hoje por exemplo, minha filha de quatro patas resolveu pintar as tais de terra. Enquanto lavava a criaturinha, minha filha de duas pernocas fortes e gostosas aprontava lá no quintal, a panela do jantar pedia arrego e as gavetas pediam ordem, já que veio um marceneiro aqui. Imaginem só a bagunça!!
Sei que tive (tenho) forças que não sei de onde vêm, mas acredito piamente que existe um santo ou uma santa voltado especialmente para as mães, que nos capacita de fazer tudo ao mesmo tempo e brilhantemente bem!! Hahahahaha...
Estou aqui, com a casa em ordem, a criança linda sonhando com os anjinhos, a Petit limpa, a jantinha pronta e as gavetas organizadas!!
É uma alegria viver tudo isso!
Tanto é que eu escolhi viver assim! Eu escolhi ter a Ana (minha funcionária) apenas três vezes na semana e não todos os dias, eu escolhi ser mãe e trabalhar fora, eu escolhi cozinhar na minha casa, pro tempero ser de MÃE na vida da Liz, eu escolhi meiar meu dia entre maternar e trabalhar na escola, eu escolhi viver na correria e só descansar depois que a Lili dormir , eu escolhi tudo isso e quero mais!! Rs...

Amo a minha vida de mãe!! 
;)



Amo essa época de páscoa. Climinha de paz, espírito leve, a busca das pessoas por santidade, por se tornarem seres humanos melhores, as promessas, os sacrifícios...
Sempre amei, mas esse ano está sendo uma experiência diferente pra mim. A Liz já compreende (do jeitinho dela, claro), as simbologias, as conversas, as demonstrações...é incrível como essa fase realmente absorve tudo!! É um "tomar cuidado" com as palavras toda hora!! Aqui em casa não há problemas, pois graças a Deus nem eu nem o Louis falamos palavrões, eu inclusive nunca na vida falei certas palavras pois tenho verdadeiro terror só de ouví-las. 
Mas então esse ano a páscoa tem um novo olhar pra mim. É maravilhoso ir ao supermercado e ver o encanto da Liz com as pegadas do coelhinho, os ovos no alto, ela fica simplesmente maravilhada! Dá gargalhadas, grita de euforia...se vê o coelho então, o coraçãozinho dela explode de felicidade!! É simplesmente a coisinha mais perfeita desse mundo!!
Eu me emociono de ver como ela gosta de toda essa magia!! 
Tudo na vida tem mais vida quando se tem criança em casa!!!
Delícia!!

sábado, 5 de abril de 2014





Hoje, assistindo Ratatouille com minha "senhorinha", morri de saudades da linda Paris!!
Sempre sinto saudades de lá!! Lugar mais lindo do planeta!!
Antes uma xícara de chá, uma baguete, um dia nublado com flores por toda a parte, cadeados lacrando segredos...essas coisas me levavam em pensamento até "Parrí". Hoje, assistir Ratatouille e Gaspar e Lisa é que transportam pra lá!! Hahahahaha...
É isso: Paris sempre na cabeça, não importa se de um jeito romântico ou infantil. Ambos me dão a vontade absurda de ir pra nunca mais voltar!!!
Filha, mais um  pouco de te levo no topo da Torre (como já te prometi).

=)


Semanas sem vir aqui e tanta coisa eu tinha pra falar!
Mas como sempre, a correria não deixa! Que coisa!
Minha última visitinha aqui foi no verão e voltei no OUTONO que tanto amo!!!
Os dias têm sido curtos e rápidos demais! Todas as manhãs grudadinha com minha Liz e as tardes na school, eu e ela!! À noite mais grudinho nosso com o meu amor junto!! Amo esses nossos momentos a três e prezo por eles! Às vezes pensar em vir aqui e "deixá-los" me agonia um pouco. Quero meus amores ao máximo!! Famílias unidas me entenderão!!
Mesmo assim, vou tentar ir guardando no rascunho tudo o que eu quero falar aqui, para ir postando com mais frequência. quero muito guardar momentos "priceless" no blog, como sempre fazia (faço).

Agora neste minuto, estamos eu e meu morito assistindo TV, depois de jantarmos a dois, porque nossa princesa dormiu cedo. Ficou exausta do dia agitado e maravilhoso que tivemos hoje!! Passeio de manhã e à tarde (com a dinda).
Amo quando o sábado termina em casa, com uma criança lindíssima dormindo num quartinho cheirando a sonhos, uma cachorrinha fofa deitada no meu pé e um amor quentinho e delicioso do meu lado, me dizendo coisas inteligentes e dividindo gargalhadas gostosas!!!

Não tem melhor que isso na vida!!!
;)