quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Vivências maternais



E depois das coisas mágicas que  contei ali embaixo, sobre estar vivendo sendo eu uma mãe de meninA, vou aproveitar pra contar também coisas PRÁTICAS que aprendi e estou aprendendo, sendo simplesmente mamãe!
Vou contar das que eu lembro imediatamente, se eu lembrar de mais outra hora, faço post parte II, rs...

Esses dias fui comprar uma piscininha pra Liz numa loja de bebê e vi uma grávida se acabando em compras desnecessárias para o bebê dela, rs...e a vontade de falar que ela não ia usar nem metade? Kkkkkk...
Daí fiquei pensando nisso e hoje vim escrever! 

Quando vamos pedir prendinhas no Chá de bebê ou quando vamos montar o enxoval do baby, fica um nó na cabeça com tanta lista de coisas que temos que comprar e como mães de primeira viagem, ou compramos tudo ou não compramos nada útil, hahahaha...
Comigo não aconteceu tanto isso porque preferi me precaver desse incidente, porém acabei ganhando essas coisinhas nada úteis, sabe? Que só servem pra entulhar os armários dos nenéns!
Bom, esse post então é prazamiguetes grávidas!
A minha experiência maternal é essa:

Fraldas RN praticamente não usamos nada! Aqui pelo menos foi assim...RN por duas, três semanas!
Saída de maternidade é linda, mas se não tiver, não fará falta nenhuma, rs...uma roupa bonita da cor que você deseja que seu bebê saia já é o suficiente! Não é necessário gastar uma nota com uma única roupa! 
Talco sufoca o bebê! JAMAIS compre ou peça talco de bebê, hahahaha...socorro! Pomada é o suficente para a prevenção de assaduras.
Bebê não usa sapatinho, nem adianta querer investir nos de courinho porque será perda de tempo e desconforto pra ele! (ganhei sapato RN de plástico, oi????)
Aspirador Nasal tem sim sua utilidade!
Aos 8 meses da Liz, usei pela primeira vez e foi perfeito. Saiu toda a catarreirinha que fica sufocando a respiração e limpou tudo, aliviou! Podem comprar, mommies!!
Nem adianta pedir mamadeira de presente, porque tem marca que o bebê não pega, tem bico que ele não gosta. Deixe para comprá-la quando for começar a introduzí-la.
Bomba tira-leite pra mim não teve utilidade, mas tem mãe que se adequa!
Fiz a ordenha de leite materno na mão! Saiu muito mais leite do que na máquina!
Toalhinha de boca é essencial pra carregar na bolsa. O bebê baba muito e regurgita!
Toalha de ombro e  vira-manta NUNCA usei! Hahahaha..
Na verdade não usei para sua devida finalidade. As de ombro uso para enxugar a cabeleira da Liz depois do banho e só! Vira-manta ficou na gaveta! Kkkkkk...
Cueiro é legal pra forrar o trocador.
Kit de higiene é dispensável!
Algodão usa-se pouco, água morna é balela e cotonete não pode!
Bom, existe lenço umedecido de recém-nascido que pode ser substituído pelo algodão, mas mesmo que a mamãe use o algodão nos primeiros dias, não precisa montar aquela bandeja linda pra depositar os itens.
A água morna eu pegava do chuveiro, rs...ou esquentava 20 segundos no micro, então a garrafa térmica dispensei! Cotonete usei pouquíssimo  e ainda procuro não usar no ouvidinho, limpo com algodão ou com a pontinha da toalha. E no caso de mães de meninA, cotonete às vezes vai onde o lenço não vai, mas é perigoso, então no sufoco de ter que limpar detalhinhos, rs...melhor lavar!
Poltrona de amamentação é TUDO!!! Amamento nela até hoje, ela ficou como sendo um cantinho de recolhimento e calma pra Liz! Quando me sento nela com a Lili no colo, ela sabe que é hora do tetê e de dormir no tetê...é paz e conexão pra nós duas! Um momento onde nem o Luiz entra!!! Uma delícia!
O segura nenê (rolinhos) são ótimos para o RN porque ajuda-o a controlar a ansiedade dos espasmos e acolhê-lo já que quando sai da barriga, o baby se sente perdido e desprotegido...amei! Usei dois meses!!!
Babá eletrônica enlouquece a gente! Exceto se a mamãe estiver muito insegura e quiser escutar até a respiração do bebê, ok! Mas a qualidade do sono fica horrível. Para momentos de visitas, festas, quando a gente fecha o quarto do baby, é legal, pois você pode receber os amigos e deixar a babá ligada, já que o barulho externo dificultará que você escute o bebê. Mas só! Não durma com babá ligada, socorro!
De imediato, são essas as que eu lembro! 
E você, mamãe? Tem alguma experiência pra compartilhar?
Volto se lembrar de mais!!
;)



Nenhum comentário: