domingo, 26 de agosto de 2012




"(...) A linguista Deborah Tannen e outros cientistas comprovaram que mesmo as meninas
 muito pequenas agem diferentemente dos menininhos. Os contatos sociais são importantíssimos para as garotas e, aos 3 anos, muitas já tem uma "melhor amiga"- um conceito relativamente maduro. "Pertencer" ou não é uma questão crucial para elas. Se você contar uma história sobre sentimentos a uma menina de 4 anos de idade, ela apresenta um modo social de pensar claramente definido, à medida que "compreende" como se manifestam aqueles sentimentos e como eles podem afetar quem os carrega e as pessoas em volta. Ao brincar em grupo, as garotas tentam negociar e fazer acordos para que as amigas não se aborreçam. Ao contrário, os garotos dessa idade costumam brigar entre si, tentando estabelecer a lei do mais forte..."

"(...) Como regra geral, meninas se saem pior que meninos em testes padronizados de matemática. Existem várias teorias sobre esse fato...
No início da puberdade diminui o interesse das meninas pela matemática. Isso as deixa em desvantagem, pois a matemática serve  de base para muitas outras áreas de estudo. Mas as garotas devem realmente estudar matemática? Vale a pena? Nem sempre, segundo Susan Gilbert (psicopedagoga). Ela afirma que, ao lado da falta de gosto pela matemática, algumas meninas aceitam o preconceito de que "os garotos não gostam de meninas que são boas em matemática(...)
Está claro que se você (pai e/ou mãe) tratar sua filha de maneira diferenciada quando se tratar de matemática e esperar menos dela, é provável que ela alcance resultados piores...
A questão é o que se espera de meninos e meninas- de maneira igual, com incentivo igual.
Na minha opinião ( autora do livro), a matemática geralmente é ensinada com a utilzação de materiais limitados, que não atendem aos estilos de aprendizagem preferidos das meninas...
Um bom método, fácil, claro e simples para as meninas é o montessoriano..."

*
Lendo esse livro percebo ainda mais que apesar de meninos e meninas pequenos serem igualmente crianças e seres humanos, cada sexo traz seus milhões de cuidados e particularidades...
Isso é muito importante na hora de esperar/exigir/administrar reações e atitudes dos nossos filhos...
=)

Um comentário:

Renata G.F. Scarpino disse...

E lendo sobre montessori, acabei descobrindo que as primeiras aplicações do método foram entre meninas...está explicado porque o livro aponta esse método como um dos mais viáveis para o ensino de matemática para as girls!! =)
A Liz já está na escola certa!!!