sexta-feira, 30 de março de 2012



Querida Sexta- Feira,


Um brinde à sua presença!!
Depois de uma semana lotadinha de trabalho e produtividade, minha voz, que é usada muitas horas por dia, sem pausas e à base de pastilhas- garganta de professor vive isso, principalmente professor de kids - já está indo embora e a gargantinha chora de dor!
Mesmo assim, não posso e não vou reclamar mesmo!!
A vida é tão MARAVILHOSA!!
Ontem, após ganharmos um presente delicioso do céu, aquela chuva perfeita, você, querida Sexta-Feira, amanheceu com um sol mais amarelinho claro, menos sufocante e mais para gostoso do que para quente. Eeeeeeeeeeeeee!!!
Nos trouxe um céu azulzinho, um ventinho fresco, colocou mais três flores lindas na minha planta preferida do jardim e está dando a largada para o fim de semana agitado que vem aí!
Hoje é dia de arrumar cabelo, fazer unhas, massagem, ficar me sentindo "outra mulher". Depois comprinhas gostosas pra fazer e um presente de aniversário especial para comprar...
Amanhã tem mais uma "manhã da criatividade" na escola e vou aprender, junto com minhas aluninhas lindas, a fazer bijouteria!!
À tarde, tenho o aniversário do ano!! Uma amiga querida que trabalha comigo vai comemorar seus 40 anos em grande estilo e fazer um MEGA BLASTER LONDON-CHIC!!
À noite eu e meu amor temos uma comemoração de Bodas de Prata...que lindo!! Amo todas as bodas do mundo!!! Amo celebrar o amor verdadeiro!!
E domingo bem cedinho, depois de toda essa maratona de eventos maravilhosos e felizes, vou fazer minha 3° prova de corrida. Temos a Série delta e serei uma das tantas mil pessoas que estarão em busca de se desafiarem nessa prova de esforço e energia!! Que delícia!!
Acho que depois de tudo isso, vou querer terminar meu domigão com filme, pizza e a minha sagrada missa!
Vai ser tudo tão gostoso...
Você é uma fofa, Sexta-Feira!!
Love u more than japonese food!
=)

  



Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.

A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E, porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E, porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora. A tomar o café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto. 

A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o de que necessita. E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagar mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes. A abrir as revistas e ver anúncios. A ligar a televisão e assistir a comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma à poluição. Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às bactérias da água potável. À contaminação da água do mar. À lenta morte dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinho, a não ter galo de madrugada, a temer a hidrofobia dos cães, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma.

Marina Colasanti.

quinta-feira, 29 de março de 2012






“Se nada nos salva da morte, que pelo menos o amor nos salve da vida.”
Pablo Neruda.






*
Ele gosta dessa música.
Ele gosta do romantismo a la Juanes.
Ele gosta do amor cantado, do amor poético, do amor vivido...
Ele é assim, é romântico, é lindo, me ama em cada pedacinho de mim, em cada segundo do meu dia...
Ele me faz acreditar em eterno, em paixão que não se acaba, em felicidade que não se cansa de acontecer dia após dia...
Ele me faz saber a medida do tempo pra não ter pressa, nem demorar...mas amar e realizar cada sonho no tempo certo, tempo maduro, o tempo perfeito do nosso amor de quase sete anos.
Ele me faz ficar assim, sem parar de falar um minuto nele, de tanto que amo, que quero, que venero!!
Amor igual ao nosso NÃO EXISTE!!
=)

quarta-feira, 28 de março de 2012




*
"...I hear babies cry, I watch them grow
They'll learn much more, than I'll never know
And I think to myself, what a wonderful world..."

*
Hoje trabalhei essa letra e esse vídeo com minhas kids.
Foi simplesmente um trabalho maravilhoso!
Expliquei que para sentir essa canção, deveríamos nos desprender de todos os nossos pensamentos e penetrar no "wonderful world" naquele momento, daquele vídeo...
Dei exemplos de como o mundo é realmente maravilhoso se soubermos extrair dele o melhor.
O melhor dele e o melhor de nós. Falei da importância de valorizar o pequeno, o minuto, o pensar antes de agir, o sorriso como resposta de um tapa, a paciência como reação de uma pressa e/ou uma cobrança que sofremos, o apreciar da natureza que ali dentro da nossa escola podíamos presenciar nas grandes árvores, pequenas plantinhas, terra, insetos, as lesmas que visitam nossa sala de aula ( as salas são à beira terra, hehehe...volta e meia recebemos as lesmas, as aranhas, as abelhas, as taturanas...). Uma professora, inclusive teve uma ideia brilhante. Toda vez que esses bichinhos, principalmente os terrestres iam nos visitar, as crianças ficavam apavoradas, morrendo de nojo e as primeiras reações que tinham eram correr, gritar ou chutar.
Ela, na sua santa e pedagógica ideia, capturou uma taturana, colocou em cima de um banquinho e ali colocou uma plaquinha: " Não espantem a tatuzinha. Estamos observando seus movimentos". Foi a partir disso que os alunos passaram do medo à observância mais cautelosa de um ser vivo tão inofesivo!
E hoje, ao refletir a beleza da natureza- todinha ela- com minha criançada animada, o exemplo da tatuzinha foi o primeiro a ser elicitado por um aluno do 2° ano...fofo!!
Eu amo essa música e por isso a escolhi. Melhor escolha não poderia ter feito.
Eles amaram a música, discutiram a letra e saíram da aula cantando felizes!!=)
A parte que mais me chama atenção é essa que eu coloquei ali em cima, que diz: "ouço o choro dos bebês, vejo as crianças crescerem, elas aprenderão muito mais  do que eu nunca vou saber. Então penso comigo: que mundo maravilhoso!"
Pois é exatamente isso que vivo todos os dias em meu trabalho. Assisto o desenvolvimento desses seres pequenos e tão diferentes entre si, cada um com seu ritmo, sua individualidade que ao mesmo tempo é tão similar com outras tantas individualidades...crianças têm seus medos infantis, suas vontades, suas limitações, um jeito adequado de serem tratadas e compreendidas, mas cada uma é cada uma. Benção minha poder discernir isso todos os dias no meu dia-a-dia escolar.
Poder conhecê-las de uma maneira esférica e não unilateral (só como mulher, só como futura mãe, só como tia, só como responsável), mas sim como alguém que as estuda dia e noite, noite e dia!
Isso pra mim é sinônimo de um mundo maravilhoso!
O mundo em que eu escolhi viver!!
=)


terça-feira, 27 de março de 2012



(Marido fazendo reunião com colegas e funcionários- Foto extraída de um jornal) 

Ser contramajoritário demanda argumentos consistentes.
 Ser maioria não."
Luiz Eugenio Scarpino Junior.
*
O profissional mais ético, mais justo, mais convicto, mais corajoso, mais assertivo, mais decidido, mais seguro, mais consciente, mais politizado, mais humano, mais inteligente é ele, o amor da minha vida!!
Meu exemplo, meu orgulho, minha única certeza!!
=)




"Meu tempo é curto, o tempo dela sobra.
Meu cabelo é cinza, o dela é cor de abóbora.
Temo que não dure muito a nossa novela, mas eu sou tão feliz..."

*
Chico e suas letras escritas "pra mim"!

 




"Voar é um fervoroso recolhimento.
E no que é quase a medida elementar do esquecimento
 a escrita navega num estuário de silêncio."

*
Eduardo White

segunda-feira, 26 de março de 2012




Bonito é sermos nós mesmos em TUDO,
 sem querer copiar ninguém em NADA.

domingo, 25 de março de 2012


Terminando esse domingo cheio de coisinhas gostosas, com a palavra do quinto domingo da Quaresma, comentada no blog que me ilumina: Missionários de Maria.
Como sempre, palavra linda e riquíssima.
Leiam  aqui.
Uma semana abençoada para todos nós!
Beijocas!!
=)


sábado, 24 de março de 2012



Verde e Rosa












*
Sempre gostei dessa combinação de cores, mas ultimamente estou in love com ela!
É chique, suave, harmônica, leve, lembra natureza (cores de grama e flor), delicada e elegante.
AMO!!
=)






*
"Um pouco de perfume sempre fica na mão de quem oferece flores..."

sexta-feira, 23 de março de 2012


Aqui em casa, não somos só eu e meu amor que dispensamos a vida mansa e parada não.
Até a Petit vai trabalhar e ganhar seu salarinho. Hahahahaha...
Hoje precisei ir ao caixa eletrônico do posto rapidinho. E levei ela junto, pois na volta, íamos passar na Pet Shop pra buscar lacinhos e perfume novos e ossos gostosos.
Parei o carro logo em frente ao caixa e por isso a deixei quietinha, com o vidro aberto. Ela ficou me esperando com a carinha e as patas dianteiras pra fora, hahahaha...
Fiquei de olho o tempo todo. E logo uma mulher se aproximou e começou a brincar. Quando voltei ao carro, ela elogiou a Pepê como podia e me deu um cartão da sua Pet Shop pra eu levar meu anjo numa sessão de fotos!! A moça estava admirada de ver uma shitzu preta e branca (geralmente eles são caramelos, cinzas ou só brancos)...E com o pelo comprido, porque o pessoal costuma tosar o shitzu e deixá-los com as orelhas chanel. A Pepê não. Tem pelo comprido e liso, como o cabelão da mamãe, kakakakakaka. 
Ela queria porque queria minha doguita como sua modelinho canina! Hahahahaha...
Já pensou?
Mamãe dá aula, papai advoga e a filhinha cachorrinha faz o quê?
Trabalha como modelo fotográfica!!
Ahhh, que luxo!!
=)




*
Você vai voltar e vai ter a porta aberta, a mesa posta, as frutas frescas, o bolo quente, a cama pronta, o filminho romântico no jeito, as flores cheirosas, o ventinho da varanda todo fresquinho e tanto mais pra te fazer feliz. Fazer feliz a quem eu tanto amo...
=)






*
Achei a história tão emocionante...
=)

quinta-feira, 22 de março de 2012






*
Maridão está em todas!
Orgulho do tamanho do universo! Amo tanto...
=)




*
Paris sem Torre Eiffel, sou eu assim sem você...


quarta-feira, 21 de março de 2012




*
" O mérito está em conseguir apesar de..."



Especiais


Como educadora, faço um apelo:
Que a gente não se esqueça que toda causa precisa de luta diária e constante.
"Dia da Síndrome de down" não é só pra postar no face a boa vontade ou o bom coração em compartilhar uma foto, uma frase, uma corrente.
Lutar por uma ação humana é aderí-la, abraçá-la de fato! Ir atrás de conhecer, de se aproximar, de querer estar perto e ter um contato profundo por aquilo que se luta, que se prega!
Sou abençoada!
Tenho a honra e graça de ter alguns alunos especiais. Não somente com a síndrome de down, mas outros diversos  tipos de síndromes. Sem eles, a sala de aula jamais seria a mesma.
Com eles, aprendemos (professores e demais alunos) a sermos mais humanos, solidários, a praticar mais o que compomos na teoria, a respeitar nosso próximo e enxergá-lo como um semelhante e NADA diferente, a abraçar com mais amor, a dar um beijo com mais fervor, a se aproximar sem medos, dar abertura ao novo com o coração entregue...aprendemos que eles não aprendem e apreendem de forma mais lenta ou mais cuidadosa, mas sim aprendem a apreendem de maneira diferente da nossa, por vezes mais capaz, mais esforçada e mais eficiente. Aprendemos com eles que o "assimilar" se faz de mil e uma maneiras. E eles têm as tantas maneiras deles, com as quais aprendemos muito a diversificar a mesmice das nossas!
Tenho uma paixão imensa por essas crianças que eu costumo dizer...não perdem a doçura, inocência e pureza nunca! É muito fácil amá-las com predileção!;)
Adoro estudá-las, entendê-las, escutá-las, pedir ajuda a elas e ajudá-las, vê-las crescendo, se desenvolvendo no mesmo ritmo de uma criança sem síndrome. Sim, isso é possível e é real!!!
O professor-educador tem o privilégio de vivenciar essa experiência belíssima!!
Que o dia de hoje não fique só estampado em faces, blogs, páginas de sensibilização midiática. Quantas fotos já vi hoje...em três minutos que entrei no face, só vi isso!
Mas que se estenda por todos os outros dias do ano, com mobilização, ação, prática e auxílio concreto.
Seja em uma instituição, em um colégio, em uma associação...
O prazer desse contato será todinho de VOCÊS!!
=)


terça-feira, 20 de março de 2012




 
*
Amo receber convites fofos e inusitados das minhas amigas!!
;)

segunda-feira, 19 de março de 2012




Os melhores encontros acontecem nos melhores momentos.
Naquele intervalinho, aquela brechinha de tempo que a gente nem planeja nada com medo da hora e da pressa, mas aí aparece aquela pessoa que está há tanto tempo na nossa vida, que nos enche de alegria, calma, entusiasmo, motivação e que nos faz sorrir, dar gargalhadas e ficar tão à vontade, que contamos nossos mais profundos segredos do coração. Pessoa em quem a gente sente absoluta confiança e vontade de estar perto. 
Hoje tive essa alegria imensa no meu dia!
=)





"...I'm gonna marry the dark
gonna make love to the stark 
I'm a soldier to my own emptiness 
I am a winner...
I'm gonna marry the night 
I'm not gonna cry anymore 
I'm gonna marry the night 
leave nothing on these streets to explore..." 


domingo, 18 de março de 2012






"...Meu Deus, eu creio e adoro, espero e te amo,
por aqueles que não te amam..." 




Mudo. Mudamos. Estamos sempre juntos, buscando a mudança dentro de nós!
Te amo, gatinho!!


Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço 
alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o
canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama... 
Depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de tv, compre outros 
jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas 
delícias.
Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, 
 novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão 
em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado, outra marca de sabonete, outro creme dental... 
Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras
poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, 
uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. 
Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não 
é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena! 

Clarice Lispector.

sábado, 17 de março de 2012



Manhã da Criatividade



As arteiras!



Tia Rê e tia Flávia: as irmãs da escola!
(Todo mundo confunde a gente, hahahaha...)

Ficamos na sala do "cobre bolo". Trinta crianças aprendendo a bordar, costurar, arrematar e trabalhar no feltro. Elas simplesmente amaram. Esqueci de tirar foto do principal: o resultado( na correria, esqueci), mas sábado que vem tem de novo e eu mostro aqui. Ficaram super fofos!!
E melhor ainda foi ficar na companhia das professoras: Silvana, Ana e Flávia. Lindas!!
Amo!!
=)
  

sexta-feira, 16 de março de 2012




Termômetro com marcador de sol e chuva que ganhamos do vereador/jornalista Marcelo Palinkas, diretamente de Santa Catarina. Um fofo, ele!
Coloquei na parede do quintal e é meu xodó!!=)
Hoje a menininha com cabelo cor de sol entrou na casinha e o menininho de chapéu saiu, trazendo a chuvinha!!
Obaaaaa!!!=)



Junto com a chuva, vieram quatro flores lindas na minha trepadeira. 
Sejam bem vindas!!


Por isso amo tanto os dias fresquinhos, sem sol...
Geralmente são os mais felizes e especiais.
Hoje estou de folga total (porque amanhã trabalho) e já acordei cedinho pra tomar café com minha melhor amiga, minha mãe, já passeei com a Petit e daqui a pouco tem japinha lunch com a Thazinha.
À noite tem família em casa!!
É ou não um dia especial?
Thanx, chuvinha boa!!
Te amo!!
=)




*
"Although violence and the use of force may appear powerful and decisive, their benefits are short-lived. Violence can never bring a lasting and long term resolution to any problem, because it is unpredictable and for every problem it seems to solve, others are created. On the other hand, truth remains constant and will ultimately prevail."
Dalai Lama.
=)

quinta-feira, 15 de março de 2012


Semana de Moda em Paris
Outono-Inverno 2012/2013


Começou dia 28/02 e foi até dia 07/03 com apresentações de grifes como: Balenciaga, Balmain, Dior, Lanvin, Jean Paul Gaultier, Givenchy e Alexander McQueen.
Muito conceito máxi: maxibotões, maxi saias, maxicintos...(amo!!)
Estilistas e comentaristas disseram ter sido o melhor ano de todos.
Eu, particularmente adorei as aberturas e encerramentos. Foram emocionantes!!


Quartzos, safiras, ametistas e outras pedras preciosas nas mangas, acessórios, saltos dentro do Grand Palais...
A Chanel quis buscar nas pedras, a energia para as mulheres.




Entrada final do desfile da Chanel





Entrada final da Louis Vitton na passarela: carrossel de Paris
Perfeito!!!

Sobre o desfile, tem muito mais pra ver, ler, saber...(confiram na internet tudinho).
Mas essas foram as partes que eu mais adorei...
=)

quarta-feira, 14 de março de 2012





*
Tenho uma turminha de pequeninos do 1° ano que chega para a minha aula de inglês depois de terem feito educação física, ou seja, se nessa idade (5 anos) eles já são naturalmente falantes e agitados, imaginem depois que eles realizam exercícios físicos como pular, correr, dar cambalhotas e etc...eles chegam pingando suor, fadigados e querendo me contar tudo o que fizeram, hahaha...
São sempre pelo menos dez minutos para acalmá-los e prender a atenção de todos. Geralmente as turmas dos pequenos são de vinte e cinco crianças. Fazer todas ficarem quietinhas, sentadinhas e prestarem atenção no que vou falar é desafio diário!! Hahahaha...
Então encontrei a solução que eu precisava.
Colocava musiquinhas da própria aula de inglês, mas eles acabavam se agitando mais porque cantavam junto com o cd, batiam palmas, dançavam...a única coisa que não faziam era a atividade dada, hehehehe...
Finalmente com os Beatles, eles conseguiram ficar super tranquilos!
Eu coloco desde a faixa 1 do CD e logo eles vão se acalmando, achando interesse na atividade, se concentram e uns inclusive, fazem o som baixinho da canção, acompanhando o ritmo da música mesmo...
A proposta do "beatles for babies" é mesmo para os bebês. Um momento para relaxar as tensões do corpinho, o choro, o soninho da tarde, a amamentação, o banho...eles adoram e ficam super quietinhos (relaxados). O maternal agradece!!=)
Mas foi incrível como funcionou na minha sala, com meus "babies" de cinco anos.
Depois, comentando minha ideia com uma mãe que ficou na janela observando tudo, toda babona (fofa!) ela disse que escuta Beatles desde a gestação e que a filha dela, cresceu escutando a banda. Ela ainda contou um fato super relevante e curioso (para mamães, educadoras, estudiosos desse assunto)...
Uma vez, quando essa minha aluna tinha 3 anos, a mamãe colocou exatamente "Yesterday" e do nada, a menina começou a cantarolar o ritmo da música perfeitamente.
Aí podemos concluir o que estudamos, lemos, ouvimos: hábitos adquiridos desde a gestação ficam realmente gravados no subconsciente do bebê. Bons hábitos então, como a música ouvida ainda na barriga, nos primeiros meses de vida e na extensão do crescimento são auxiliares gigantes no desenvolvimento cognitivo, intelectual e psicológico da criança!
Fiquei tão feliz de acertar a técnica. Não só funcionou como método de manter a ordem e calma na sala de aula, como ativou todo um estímulo positivo que muitos dos meus alunos já traziam consigo: o hábito da boa música!!=)


Uma expressão de felicidade?
Ser compreendida, apoiada e bem quista pelos amigos!!
Recebi tantos e-mails e mensagens fechadas no face me dando "força" pra eu restringir o acesso do meu blog, que confesso: a surpresa foi grande!! 
Nem imaginava que para algumas pessoas, fosse tão gostoso dar uma lidinha aqui. 
Fiquei tão feliz com esse carinho que já antecipei meus planos e limitei o acesso agorinha mesmo.
Foram mais de trinta e-mails e/ou mensagens...
Agora vocês são mais ou menos quarenta pessoas me lendo. Espero não ter esquecido de ninguém...
Estou tão aliviada sabendo que agora só os amigos e  familiares me leem! Ufa!!
É bem melhor se sentir mais reservadinha!!=)


terça-feira, 13 de março de 2012


As páginas se fecharão...

E serão todas guardadas na minha malinha de memórias...

*
Em alguns dias, o blog vai "viver" um marco histórico na vidinha dele.
Pensei muito, já faz uns bons dias se realmente eu tomaria essa decisão tão "repentina e radical". Analisei tudo, reli muitos posts, conversei com algumas pessoas, principalmente com meu marido e então cheguei à conclusão: tornarei o Re Contando um blog privado. Ele não será mais público.
Num primeiro momento, isso pode parecer uma grandiosa falta de consideração com muitos leitores queridos, pessoas que sequer conheço e me leem, que comentam aqui de vez em quando.
Mas pensei muito em como diria isso, de uma maneira que todos pudessem compreender meu lado. Pensei, pensei, pensei e acho que a forma mais fácil de dizer uma coisa a muita gente, é ser sincera.
Pronto! Estou abrindo meu coração pra todos vocês e assim, espero de verdade que eu seja compreendida.
AMO saber que muita gente me lê. Mesmo que muitas não comentem, a alegria de encontrar alguém e ouvir que você é cotidianamente lida é imensa! Acho maravilhoso.
Não sou muito de comentar os blogs alheios que me leem, dificilmente faço isso. E mesmo assim, muitas blogueiras comentam em meu blog, sem esperar nada em troca. São umas fofas!!=)
Não comento porque na maioria das vezes só tenho tempo mesmo de ler o post. Passo tão depressa no computador que meia hora é muito. Nessa meia hora, preciso ver e-mails, montar aula, estudar e responder recados. 
Mas mesmo assim, sempre que dá leio tudo blogs de pessoas lindas! Não se esqueçam disso!!;)
Agradeço um monte a todos os que passam por aqui, comentando ou não! Eu sei quem são meus leitores amores!!
Mas a razão de querer restringir o acesso do blog é a seguinte:
Quando resolvi voltar a ter um blog (fechei um em 2005 e voltei em 2009 com este), eu quis ter um espaço onde eu pudesse registrar todos os momentos mais marcantes da minha vida. Momentos que às vezes, na correria do dia-a-dia, não dá pra colocar no papel, como sempre fazia em meu diário.
Com o tempo, muitos outros motivos me mantiveram por aqui, mas sempre seguindo aquela vontade primeira de registrar minha simple life.
No começo, contava até demais. Esquecia que qualquer pessoa no mundo poderia me ler, me acessar, saber quem eu era, quem eu sou.
Logo fui entrando "nos eixos" e tentando me expor menos, por uma questão de segurança mesmo.
Evitei ao máximo me aborrecer por aqui e procurei postar mais alegrias do que tristezinhas, embora estas quase não existam na minha vida, graças a Deus!!
Na vida "lá fora", já sou de falar pouco de mim. Quando encontro minhas amigas, sou sempre a a ouvinte e nunca a falante, hehehe...mas porque gosto de falar menos, tenho um pouco de dificuldade de contar tudo o que sinto, o que penso...
Quanto mais eu lia alguns blogs, via alguns sites, mais ficava preocupada com o meu. Era a minha vida que estava ali, logo na primeira página de busca no google, quando alguém digitasse  Re Contando ou qualquer outra palavra-chave daqui...
Fiquei assustada quando no "google imagens", digitei meu nome e sobrenome e vi mais de vinte fotos minhas, do Luiz, etc...
Foi uma sensação confusa de prazer e agonia.
De repente me deparei com aquela realidade de pensar que qualquer pessoa podia me ver, saber de mim, onde fui, com quem estive, o que fiz, o que penso...
E hoje, sendo professora de mais de seiscentos alunos, trabalhando num colégio conhecido e sendo muito conhecida entre os pais, colegas de trabalho, esse excesso de exposição pode não me fazer bem.
Isso de certa forma, pode acabar com minha paz, minha intimidade.
O que de fato culminou minha vontade de querer limitar o acesso no blog, foi uma situação em que uma pessoa que nunca tinha nem visto, me reconheceu através do blog e perguntou algo a respeito de um post passado.
Fiquei muito espantada e tudo aquilo que eu já vinha matutando há um tempo, me trouxe a certeza de que era hora de frear nessa loucura que é ter um blog pessoal demais.
Não me importo com essas pessoas (do bem) que me leem, de jeito nenhum! Não são elas que me preocupam, nunca!
Mas saber que muitas, que nem conheçam, conseguem me achar pelo blog, me faz pensar que muitas outras também podem ter a mesma facilidade  de me conhecer, de entrar na minha intimidade...pessoas, inclusive que não me querem tanto bem assim ou que podem achar que dou uma certa liberdade de entrarem na minha vida íntima, pelo simples fato de eu mostrá-la, mesmo que discretamente, no blog!
E é super natural que pensem assim, afinal, a partir do momento que tornamos uma página pública, seja blog, face, qualquer coisa, de certa maneira estamos permitindo que tudo o que dissermos seja sabido por todos. A gente conssente isso.
Mas cheguei no melhor da minha reflexão. Não sou assim. Sou muito "na minha". Aos pouquinhos fui falando menos de mim e hoje não quero falar mais pra todo mundo. Acho que é um direito meu querer me resguardar, não é?
Por isso tomei essa decisão, que eu tenho certeza que me trará um alívio enorme e uma alegria sem igual.
Estou comunicando a vocês essa decisão hoje pra que todos tenham tempo de ler com calma e saber que vou querer que continuem me  lendo sempre! 
Aos que me conhecem, de alguma maneira, de alguma situação que convivemos juntos, aos amigos do meu amor que não me conhecem, mas se são amigos dele e se me leem, amigos meus também são, aos familiares, aos colegas de trabalho, alunos...tanta gente querida, peço o seguinte favor.
Se vocês ainda quiserem me ler (e eu vou amar), me mandem o e-mail de vocês para que eu possa permití-los à leitura do blog.
Vocês farão login com o e-mail de vocês, é bem simples!=)
Mandem por comentário, face que é mais rápido ou no meu e-mail: reguimaraes86@gmail.com
Agradeço de todo o meu coração a compreensão de todos e espero os e-mails!!;)
O Re Contando continua firme, forte e feliz. Mas agora, de um jeitinho mais reservado!!
Vou ficar muito feliz em guardá-los na minha malinha de memórias também!!

Beijos imensos!!
=)




Paris, 3°graus e chá quentinho...
TUDO o que eu queria hoje!!
Quanta saudade!
=)   

domingo, 11 de março de 2012


Toda missa dominical é uma benção pra mim.
Unção da semana que passou e renovação da semana que vai chegar.
Mas a de hoje foi ainda mais especial. Encontrei uma aluninha que eu amo de paixão, que se sentou do meu lado porque os pais são cantores da banda e ficariam longe dela. Ficou o tempo todo segurando a minha mão e fazendo carinho, fofa!! No momento da "paz de Cristo", ela meu deu um abraço gostoso, um beijo molhado e disse: "Paz de Cristo, tia mais linda da minha vida!"
Não tive dúvidas de que Deus estava ali, bem do meu ladinho, em forma daquela criança, beijando o meu rosto e dando toda a força necessária pra eu recomeçar mais uma semana!!
=)
Thank You, God! 




*
"Tudo que move é sagrado
e remove as montanhas
com todo o cuidado
meu amor
enquanto a chama arder
todo dia te ver passar
tudo viver a teu lado
com arco da promessa
do azul pintado
pra durar...
No inverno te proteger
no verão sair pra pescar
no outono te conhecer
primavera poder gostar
no estio me derreter
pra na chuva dançar e andar junto..."



*
Amo tanto, tanto, mais tanto...
Meu coração ainda dispara quando ele me leva pra jantar, viajar, quando escuto o motor do carro dele...mesmo depois de quase sete anos juntos!!
=)






*
Quando imagino a família maior (com filhos), é nessa família que eu penso.
Como eles são lindos, fofos, felizes!!
E agora vem o(a) terceiro(a) por aí...
Ah, que delícia!
Três é perfeito!!
=)

sábado, 10 de março de 2012




*
"...faz um tempo eu quis fazer uma canção pra você viver mais..."


quinta-feira, 8 de março de 2012





*
Terminando esse dia lindo todo em tom rosa!!
Acabei de fazer bicho de pé bem rosinha e estou ouvindo minha queridinha Sandy!!
Tem coisa mais rosa e gostosa do que isso?
Not!
=)







*
E pra comemorar o nosso dia em grande estilo, hoje escolhi um vinho da Sephora maravilhoso pra passar nas mãos! É o segundo da fileira de baixo!!;) No frasco ele parece mais fechado, mas na mão tem esse resultado!!
Além da cor radiante, o brilho é intenso e a durabilidade, segundo minhas manicures é muito maior que a dos outros esmaltes!!
Amei!!
Já posso agora, continuar meu dia mulherzinha!
Uhuuuu!!!



Feliz  Dia das Mulheres


*
E é essa mulherzinha- menininha que minhas alunas enxergam em mim!!;)
Fofa né?
Desenho feito por seis  alunas do 2°ano (cada love representa uma). 
Amei!!
Vocês são as minhas gatinhas!!
=)