quarta-feira, 29 de junho de 2011




Ainda bem que os dias frios também permitem arco-íris!!
Hoje fiquei muito chateada e decepcionada com uma sequência de fatos equivocados e maldosos.
Pessoas que num dia te abraçam, no outro te agridem. Um dia entram na nossa casa, convivem com nossa intimidade e recebem todo nosso carinho, no outro estão lá jogando farpas horrorosas para cima de nós, sem motivo algum, simplesmente por uma mudança repentina de valores, de postura, de opinião.
Pessoas que misturam os fatos, que confundem as coisas, que distorcem tudo.
Aí têm outras que querem ser as donas da verdade, que pegam um fato isolado, sem o menor contexto e conhecimento do assunto e querem, a qualquer custo criticar...
Um despeito, uma inveja de dar medo, uma dor de cotovelo de doer o braço inteiro, hahaha..
Pior que sofrer todas essas atitudes mesquinhas, é ver uma pessoa que você ama, sofrê-las.
Tenho uma "mania" zelosa de tomar as dores pelas pessoas que amo. Às vezes elas mesmas não ligam, não se importam simplesmente, como o meu amor...
Mas eu sou crica com essas coisas de injustiças e ofensas gratuitas.
Tenho horror à inveja e a pessoas mal esclarecidas, que não sabem dialogar, que não sabem que posição assumir afinal.
Cada vez mais percebo que uma das virtudes do casamento é essa, da gente ter em quem se apoiar e com quem contar verdadeiramente, de olhos vedadíssimos: nosso marido, nossa esposa...
São os melhores amigos que podemos ter, quando há fidelidade e companheirismo.
Por coincidência ou talvez por destino mesmo, hoje, no meio dessa bagunça toda de pessoinhas indesejadas, recebi um e-mail foférrimo da minha mamãe sobre FIDELIDADE.
Que muitas vezes as pessoas assinam papéis para assumí-la e jurá-la, mas que de nada adiantará se não a exercitarmos nas atitudes do dia-a-dia...


"A maior riqueza de um relacionamento é a fidelidade.
É um compromisso que depende unicamente da própria pessoa.
É um pacto silencioso entre amigos, casais, familiares, associados, partidários.
Alguns o fazem de forma oficial, declarando verbalmente ou assinando papéis. Porém, de nada vale se interiormente não foi formalizada consigo mesmo no mais íntimo do coração..."


É isso!!!
A cada dia aprendo mais com as respostas que a própria vida me dá.
Elas vêm assim, sem que as esperemos muitas vezes (pois não adianta só esperar que elas caiam do céu. Importante mesmo é agir, andar na linha do bem que a gente vai sabendo o que fazer, como fazer direitinho...isso é ter a fórmula, obter a resposta!)
Melhor resposta para hoje impossível: que é a partir dessa fidelidade na relação que posso contar unica e verdadeiramente com meu marido, tanto quanto ele pode contar comigo...
É essa segurança, essa certeza de ter um ao outro na mais absoluta verdade que nos ajuda a ser autênticos, fortes e felizes constantemente...

*
Só para dizer a parte boa do dia, a parte do meu arco-íris foi ter conhecido a casinha linda da Fabi no fim do dia.
Ela vai casar sábado e tive a honra de estar com a noiva a três dias do casamento, na casa dela, sendo eu a sua primeira visita!!
Teve bolinho e café, num London perfeito!! 
Obrigada, amiga!!!
Você é especial demais!!
Alegrou meu dia de um jeito que você nem pode imaginar...
Love u!!
=)

2 comentários:

Ju Silva Alves Marchioro disse...

Não existe nada mais desagradável que sentir a inveja e maldade de pessoas "próximas" que às vezes se utilizam do status de "amigos" para nos criticar, magoar e tentar afetar.
Amei sua postura, não esperava menos de uma pessoa tão carinhosa, justa e bondosa quanto você.
Quando decidimos ACEITAR uma vida a dois, nos tornamos uma só pessoa, o que fizerem à você, farão ao Luiz e vice-versa.

Amo te ler, é uma forma de ficar próxima quando estou longe... hahaha

Fique bem!

Beijinhos

Renata G.F. Scarpino disse...

Jú, sempre sinto um carinho imenso e uma sinceridade linda nas suas palavras. quando conversamos também. É uma paz pra mim!!!
Muito obrigada por tudo sempre!!!

Realmente ficamos essa semana sem nos ver e parece que estamos tão longe, hahaha...
Saudade!!
Hoje compensamos a distância física, pois pertinho sempre estamos, de algum jeito!!!

Beijão!!!