quarta-feira, 4 de maio de 2011





"...alimentos refinados, que são de rápida absorção matam a fome por pouco tempo.
E em breve espaço, depois de terem sido ingeridos, você já percebe que precisa comer de novo, porque ficou mal alimentado.
Do contrário, os alimentos que são mais fibrosos, que dão mais trabalho ao organismo, eles facilitam a vida saudável por uma razão muito simples: são alimentos que demoram um pouco mais dentro de nós. E tudo aquilo que é mais lento, corre o risco de ser mais eficaz, porque faz parte de um processo que vai nos nutrindo aos poucos
Verdade que requer tempo para aprender: isso é o cristianismo(...)
Uma pessoa é realmente feliz à medida que ela soube sofrer pelas causas que ela ama.
A alegria pode até ser muito temporária, assim como o alimento refinado, mas ela pode também ser demorada. E geralmente ela é mais demorada, quando ela foi preparada no momento do sofrimento.
E sofrimento não é insatisfação. Mesmo porque existem alguns projetos que exigem de nós um preparo e a gente sabe que para chegar àquele resultado, nós teremos que demorar naquelas situações pra que depois nós tenhamos de fato, a alegria do resultado.
Existem pessoas que são especialistas em descobrir a sabedoria  que está naquilo que demora. Existem pessoas que são especialistas em descobrir aquilo que está velado pela pressa. E muitas vezes, na pressa de querer que o sofrimento vá embora, nós perdemos de vista a redenção que ele pode nos trazer.
Certamente o calvário de Jesus foi um processo doloroso e lento. Pois ele sabia que teria de viver cada instante daquela subida.
Pode ser que hoje você esteja vivendo as condenações adâmicas,  e aí do outro lado da ponte, está o Cristo, que fez da sua última experiência vivida e existencial, subir pelo calvário afora, para que nós pudéssemos entender que no processo de subir no calvário da vida, há sempre uma ressurreição sendo preparada.
Sabemos o que isso significa quando nos deixamos levar pela sabedoria da vida, que nos conduz sempre ao melhor resultado, desde que a gente saiba viver do tempo do preparo..."

Trecho da palestra "Tempo de Preparo" de Padre Fábio de Melo.
Como eu amo essa palestra!!
=)

Um comentário:

Agenor disse...

Sem dúvidas esse Fábio de Mello é um filósofo de Cristo.
Não sou religioso, mas admiro o cara.
Curto muito a subjetividade discreta de seu blog. Isso é envolvente.
Beijos.
Agenor