quarta-feira, 13 de outubro de 2010



Ser feliz na profissão

Saber que sou formadora de opinião, sempre me fez ter muito cuidado com excessos e omissões no meu discurso. Professor tem essa responsabilidade de saber se posicionar e estar pronto para lidar com confrontos, temas polêmicos, confidências de aluno, a recepção dos pais (críticas, juízo de valores), etc.
Trabalhar com adolescente requer isso tudo. E eu amo fazer o que faço.
Quando desempenhamos nosso papel com seriedade, comprometimento e ao mesmo tempo, flexibilidade, quebram-se as barreiras que poderiam haver entre nós e nossos alunos. E o reconhecimento desse papel pode ir muito mais além do que imaginamos.
Hoje, o blog da Bruna, uma aluna de 11 anos, me fez uma professora ainda mais orgulhosa da minha profissão e do meu esforço em exercê-la.
Influenciei uma criança...ops, pré-adolescente (senão ela grita!!! hahaha)...influenciei com meu blog, me fiz importante na vida dela, muito além da sala de aula.
Reparem no título do blog dela. É ou não é pra encher os olhos de lágrimas?
Encantem-se aqui !!!


2 comentários:

karina disse...

Re é claro q vc inspira vc élinda...
nao tem como nao te amar.
bjus!!

Letiiiiiiiicia disse...

show....q fofinha
ti amuuuu