quarta-feira, 21 de julho de 2010

Se me vir na rua, eu quero um abraço!!=)


Hoje, quando saía do salão, senti que havia uma pessoa me olhando. Olhei e era uma mocinha, a menina desviou o olhar. Então reparei que era uma parente distante, aquelas primas de 19° grau(hahahaha, ta bom amor, você já me explicou que não existe primo nem de segundo grau, legalmente falando, hehe).
Bom, previsivelemente vocês que me conhecem, já devem imaginar que minha boca foi abrindo de orelha a orelha, pronta pra dar aquele "oi" espalhafatoso no meio da rua, feliz da vida, louca pra dar um abraço, afinal vocês sabem que abraço é comigo mesmo, né? Hahahahaha...eu amo abraçar e toda vez que cumprimento as pessoas, dou beijo e abraço junto, elas param no beijo e ficam sem graça com minha "pegada" repentina, kkkkkkkk...
Bom, mas na verdade toda aquela minha vontade e entusiasmo de encontrar um conhecido na rua foram por água abaixo.
A "parente" simplesmente fingiu que não me conhecia e até atravessar a rua, ela atravessou!!!
Hahahahahahahahaha...achei cômico, além de super indelicado, claro.
Posso até entender que as pessoas sejam tímidas, principalmente quando não têm intimidade comigo, mas timidez é diferente de educação, né? Um cumprimento não mata ninguém, gente!!
Fico perplexa com atitudes assim...
E já aconteceu a mesma situação com outras pessoas também...é muito ridículo fingir que não viu, muito estúpido.
Só não gritei o nome dela, porque mais ridículo é mendigar atenção né? Hahahahaha...
Mas se eu não estivesse com as unhas molhadas ainda de esmalte, na certa teria corrido na direção dela e falado: "Tá fugindo de mim?", hehehehe...
Super estupidez também quem chega num lugar onde você está e te cumprimenta só porque te viu e foi inevitável (haha), mas na hora de ir embora, faz questão de ir de costas e "fingir" que esqueceu de falar tchau...
Aiiiii, posso parecer a mais chata com isso, mas não me vejo assim. Inclusive, chatas são as pessoas que fazem isso: que não cumprimentam, que fazem questão de parecer anti-sociais e indelicadas.
Por que as pessoas não podem sorrir? Sorriso não custa nada, meu Deus!!!
Por que não podem te dar a mão, um beijo, te dar um abraço? Não cansa, muito pelo contrário: é tão gostoso...
Por que falta educação, gentileza nas pessoas? Por que lhes falta tanto amor e vontade de amar??
Eu juro que não entendo...

*Ainda bem que mais tarde, tem jantinha na rua com meu amor pra relaxar=)




Um comentário:

Roberta V. L. disse...

hahaha eu tambem sempre dou esse abracinho depois do beijo...realmente fica uma coisa sem graça pra quem nao da...kkkkkkkkkkkkkkkk...