sábado, 26 de junho de 2010


Se as coisas abstratas tivessem sabor...

O amor teria gosto de petit gateau. Tem sabor gelado, com recheio quente...
A saudade teria gosto de algodão doce. É doce por um segundo e depois se dissolve dentro de nós...só que a saudade corrói!
Hoje(sábado) teria gosto de tutti-frutti, que é um sabor que me lembra alegria de criança...e é como eu quero que seja esta noite: alegre, pura e feliz!=)

Outros sabores virão...


4 comentários:

Marcelinha Zara disse...

Olá... muito legal seu blog!! Me diverti lendo suas histórias.. rsrs!!! Vou passar mais vezes por aqui, ok? Quando der dê um pulo em meu mundinho para conhecer. Beijos...

Leticia disse...

linda vc!

Victória Bubliani disse...

vc é a flor mais bela do mundo das suas alunas....
a irmã mais velha q a gente queria terr
linda, doce, meiga...nossa boneca barbiee
te amuuuuuu profssss

Karina disse...

Rê, eu te acho a mulher mais menina do mundo!
A mais meiga, a mais fofa...a mais delicada.....
não tem como não adorar vc: homens e mulheres.
Mas homem o Luiz já ganhou seu coração...e mulheres, vc é referência para nós...
nossa Barbie linda.
beijos de quem mto sente saudadess.
sua aluna manhosa...
P.S: mandei convite do meu niver de 27 anos!!! ok??nao aceito desculpas.