terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Eu sou uma "brigadeiro lover" !!!


Hummmm, eis aqui o Brigadeiro Gourmet !!!

"O brigadeiro, docinho de festa que caiu nas graças do mundo gourmet, mostra que pode, sim, ser versátil em receitas moderninhas."
POR: LETICIA ROCHA, UOL.

Marmita retrô




Brigadeiro de colher





Diversos sabores exóticos!!




Kit presente!





Brigadeiro no palito





O ano era 1945 e o Brasil vivia um momento de eleições, logo após a deposição de Getúlio Vargas. Na disputa, o brigadeiro Eduardo Gomes e o general Eurico Gaspar Dutra, que levou a melhor, na política, pelo menos. Para o brigadeiro, restou a fama que deu origem ao docinho mais amado do Brasil. Conta-se que a receita surgiu para homenagear o candidato. Ideia de algumas eleitoras, as mais afoitas e que levavam ao pé da letra o bordão da campanha: “Vote no brigadeiro, ele é bonito e é solteiro!” O docinho pegou fama de ser “o preferido do brigadeiro”. Artifícios eleitorais ou não, a certeza é que aquela campanha foi bem feita.

Até hoje, 64 anos depois, o brigadeiro, o de leite condensado, manteiga e chocolate, continua imbatível. Dia de festa, aniversário, comemorações e afins, lá está ele, reinando soberano e “sem vergonha” de ser o mais atacado antes mesmo dos parabéns. O melhor é que não é preciso esperar por comemorações para atacá-lo. A guloseima, conhecida no Sul do Brasil por “negrinho”, invadiu o mundo gourmet e caiu nas graças dos chefs de cozinha. Até uma casa especializada ganhou em São Paulo. Com o sugestivo nome de Maria Brigadeiro, trata-se de um ateliê que só tem brigadeiro e, com menos de oito meses de funcionamento, é uma tentação na vida dos “brigadeiros lovers”.

Os motivos são óbvios: mais de 40 tipos, à venda somente por encomenda, que vão do clássico, enroladinho ou de colher, a linhas temáticas e inusitadas. Exemplo: os etílicos, com rum, conhaque ou vinho do Porto. Na série exóticos, gergelim, wasabi e até funghi. “O que leva wasabi foi criado para o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil e combina – nem eu acreditava!”, explica a chef Juliana Motter, a dona da curiosa ideia da Maria Brigadeiro, que entrega a gostosura em charmosas marmitas retrô.

* Site da Maria Brigadeiro: http://www.mariabrigadeiro.com.br/

5 comentários:

janainapaulap disse...

delíciaaaaaaaaaaaaaa
nossa, deu fomeeeee e lumbriga em mim
eh desses q vc vai fazer no seu casamento linda???
vai fazer um sucsso......

carolina bruna disse...

hum! que tentação!
dificil encontrar alguem q não goste, não é o meu caso, fikei com agua na boca!!!
delicia!!!

Anônimo disse...

nussssssss teacherrr q deliciaaaa uhauhauahauahaua
eu keruuuuuuu
b-jinhus
lêticiaaaa luanaaaaa kkkk

blh_naty disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
blh_naty disse...

Por uma fração de segundos eu te odiei por ter postado isso enquanto estou fora do BRASIL!!!!!
Por que fazer isso com uma pobre alma em plena tpm??? Where is your compassion???
Hhahahaha zuera Re.. delicioso esse post =)
Mas o morango coberto de brigadeiro é mta sacanagem !!!!!