quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Vontades da alma



Vontade às vezes de me expressar na ponta da sapatilha: ser "provocantemente" sincera, mas delicada também.
Vontade de percorrer uma estrada infinita e deserta, onde só existam nós dois.
Começaria a chover; ficaria na ponta dançando pra você!
Vontade de comer uma comida inesquecível, beber um vinho marcante, ouvir aquela frase especial; dizer aquela frase mais especial.
Vontade de entender porque mentiam pra mim quando eu era criança e já percebia malícias.
Vontade de perguntar certas coisas a umas pessoas e responder outras COISAS a OUTRAS pessoas.
Vontade de fazer uma tatuagem. - Falta de coragem.
Vontade de não ter certas responsabilidades e noção crítica das coisas. Nem de sentir vergonha.
Vontade de reencontrar algumas pessoas ou de nem ter conhecido outras.
Vontade de ser mãe de um menino sapeca ou uma menina sonhadora ou os dois.
Vontade de que você sinta algumas das minhas vontades curiosas e converse comigo depois.
Vontade de andar a esmo, viajar sem destino, correr contra o tempo e tomar sorvete numa estação de metrô. Outrora ler jornal no café do Aeroporto Internacional.
Vontade de comprar óculos. Bolsas. Canetas coloridas e cadernos de menininhas.
Vontade de ouvir a mesma música o dia inteiro e lembrar seu cheiro, sua expressão ao ouví-la junto comigo.
Vontade de aprender a tocar piano ou violão pra esquematizar luais.
Vontade de acampar com um banheiro limpinho portátil- IMAGINAÇÃO!
Vontade de escrever um livro diferente e melancólico.
Vontade de usar vermelho no cabelo, só se meu loiro voltasse depois.
Vontade de fazer as coisas sem o risco do arrependimento.
Vontade de voltar no tempo e consertar umas besteirinhas. Às vezes de andar no futuro e checar se vai dar tudo certo. Mas quase sempre vontade de permanecer no presente e saborear cada gostinho que me vem à boca, à alma! Tudo é magnífico e ainda por cima, possível de se realizar!
Vontades súbitas da alma ...
Rê Guimarães F.

"Minhas mesmas emoções são coisas que me acontecem."
Fernando Pessoa, 31-8-1932

2 comentários:

Anônimo disse...

DOREI prof!!! bjus. lila.

janainapaulap disse...

que texto fmza véi!!! kkk
curti mtoooo
amo vc!!!!!!!