terça-feira, 16 de junho de 2009

Make someone happy today e só !

A postagem maluca de ontem à tardezinha "aiiiii...", hahahaha, foi bem num momento de euforia nervosa total em que eu estava diante do computador. Precisei dar um grito-ainda que abafado- por aqui mesmo, rs...
Foi apenas um desentendimento que já foi resolvido. Nada demais.
Mas admito estar muito nervosa por esses dias, ao mesmo tempo em que me sinto radiantemente feliz ! Eu acho que muitas vezes não sou bem compreendida ou a falha é minha em não saber me expressar.
Esse meu jeito muito próximo, amigo, de me abrir demais, de confiar nas pessoas, de me entregar a elas, à maneira que elas demonstram confiança me trai um pouco.
Tentei trabalhar isso quando eu fazia terapia, mas é quase fisiológica a necessidade que sinto em contar-dividir-minha vida com as pessoas. Claro que somente com as pessoas que "escolho" para confiar, pois antes, era TODO mundo amigo, irmão, um amor fora do comum que nem eu entendia e por isso, me decepcionei demais. Aprendi também.
O melhor de um erro-se é que existe algo de bom-é aprender com ele, porque arrepender-se, apesar de ser divino, dói por muito tempo ...

Posso dizer que hoje eu confio menos nas pessoas, mas não deixei de confiar ainda. BOM ! Para algumas pessoas ue convivem comigo isso é ruim.
Mas não faz parte da minha essência ser desconfiada.
Gosto de chegar, abraçar, conhecer, contar de mim e saber do outro e isso me prejudica às vezes, mas o que eu posso fazer se eu sou assim ???
A desvantagem que posso levar com isso, é justamente a traição. Mas eu mesma estarei tranquila de ter agido com tamanha boa fé, de ter visto no outro tanta bondade a ponto de contar da minha vida. Não consigo enxergar o lado "ruim" do ser humano e isso assusta um pouco pessoas do meu convívio, que me amam e querem me proteger.

Quando a gente se decepciona um pouco com o outro, sei que é hora de conversar com essa pessoa e tentar novamente.
Tá vendo só ? Eu não quero eliminar ninguém ! Só quero reconsiderar os fatos e recomeçar, pois acho que todos nós, algumas vezes, falamos demais, não por maldade , muitas vezes, mas por ser algo natural.
Quando é por fofoca- algo que eu mesma admito já ter feito- vaid e cada um saber o que fazer com a própria consciência.
Eu particularmente, fico mal. E nem sempre encontro facilidade para pedir desculpas diretamente para a pessoa de quem falei.
Meu acerto é com Deus e tenho certeza que tudo fica bem, após esse colóquio !!! :)

Bom, tô falando, falando, falando...para falar(hehe) que realmente estou um pouquinho chateada com esse tipo de desagrado.
Além disso, levei um tombo de mim mesma quando percebi que tanta felicidade só é minha, de mais ninguém.
Casar, ter uma casa, se preparar para o grande dia só trazem empolgação aos noivos. As pessoas que nos circundam, algumas, acompanham tudo isso com bons olhos também, claro, mas têm pessoas que não lidam facilmente com a felicidade alheia. Às vezes não é nem por inveja, porque o que pode ser lindo para mim, pode ser horroroso para o outro. Mas deve ser por pensarem que eu me vanglorio pela minha felicidade, que eu "me acho", no popular...hahaha.
Ah, mas se soubessem como é bom sentir esse grau de felicidade e como eu sou uma pessoa totalmente deprendida das coisas palpáveis. Sou tão sentimento, coisas abstratas que não acabam e,s e acabam, se esavem no ar ! Não quebram ao meio !
A casa representa toda a minha felicidade guardada nessa caixa chamada casa. Casamento representa a união comemorada entre eu e meu grande amor, o homem quem amo incondicionalmente ! É tudo tão simbólico...tudo tão simples e sincero para mim !!!
Não preciso de NADA concreto para ser feliz assim, é só o mundo que me exige isso.
Para mim, em qualquer lugar do mundo com o LUIZ junto, é sinônimo de verdadeira felicidade !!!

As pessoas que me conhecem realmente sabem bem disso !!!

Ufa !

Make someone happy today ! E só !

Nenhum comentário: